segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Por que as mulheres tem medo dos homens?

Hoje apareceu no meu feed de notícias uma colega desabafando sobre um relacionamento abusivo que ela estava passando e que, claro, como seu instinto feminino já lhe dizia, ela estava sendo traída enquanto era chamada de “louca” pelo ex-namorado. O texto começava falando sobre o início do relacionamento dos dois. Conheceram-se pelo snapchat, 15 dias depois estavam namorando. Dai vem uma vozinha na sua cabeça dizendo: “Claro, né? Quem se entrega emocionalmente por um cara que conheceu por um aplicativo depois de 15 dias?” Sabe qual o nome dessa vozinha, colega? Machismo.
Existe no inconsciente coletivo das mulheres um medo intrínseco dos homens. Namorados, maridos, pais, irmãos, colegas de trabalho. Tudo que cheira testosterona causa arrepio (e notem que não uso a conotação sexual do termo). Você pode ter o melhor namorado da terra que sempre vai ter aquela sua amiga dizendo: “cuidado, viu?! Homens são todos iguais”. Você tem medo de ser traída, de ser abusada, de ser rebaixada no ambiente de trabalho, de ser subestimada em tudo que for fazer. Esse medo que assombra as mulheres é o pior sintoma do machismo, simplesmente porque ele afeta todos os âmbitos da vida das mulheres.  No caso da minha colega, por exemplo, muitos (e muitas, porque o machismo é doença que também pega em mulher) estarão colocando a culpa na mulher, que simplesmente confiou no cara. E confiar em um homem é coisa que a nossa mãe nos ensina a não fazer. Resumindo, machismo.
Desde criança as mulheres crescem ouvindo histórias do tipo a Chapeuzinho vermelho, que planta nelas um medo pelo sexo masculino e que, ao mesmo tempo, passa uma impressão de superioridade do homem. O lobo é o macho, logo é o mais forte, o mais perigoso, aquele que tem que ser temido e respeitado. Notem que na história a Chapeuzinho não pode sequer desviar do caminho indicado pela mãe, ou seja, não pode  ousar não ter medo senão vai parar na barriga do lobo mau. Ah e sem querer fazer spoiller (porque você certamente já deve conhecer o fim da história), ela é salva por ninguém mais, ninguém menos, do que um homem.
Para além das fábulas, as meninas crescem cercadas pelo imaginário de que devem ter medo dos homens. Do Homem do saco ao Papai Noel, a figura masculina é estigmatizada como superior e que deve ser temida por elas. Afinal, só ganha presente quem for “boa menina”.
O medo dos homens nos faz trocar de calçada, nos faz comer menos do que nossa fome pede por medo de ser julgada pela nossa aparência, nos faz transformar um assédio em “só um elogio”, nos faz usar roupas nas quais não nos sentimos confortáveis, nos faz sentir insegurança em qualquer tipo de relacionamento com o sexo oposto.


quarta-feira, 1 de julho de 2015

Dilma, facebook e opiniões.

Sabe, ultimamente a única crítica que tenho dito com relação à presidente Dilma é o fato de que ela vêm me fazendo perder muitos amigos. Por mim particularmente, não vejo problema algum em cultivar amizades com opiniões diferentes às minhas, na verdade até acho isso importante, afinal, nada melhor do que uma boa discussão produtiva, com argumentos relevantes e claro, sem violência (incluindo a verbal). Mas infelizmente, tenho visto que a maior parte das pessoas que se dizem de "direita", contra o PT e todo esse mimimi no qual eles tentam jogar toda a culpa por tudo de ruim no Brasil, não cultivam uma boa retórica. São simplesmente incapazes de verem seus falhos argumentos serem questionados, incapazes de torcer o braço, são cegados pelas grandes mídias e as defende com unhas e dentes bem afiados, sendo capazes de destruir laços familiares, amizades e afetos. Apelam por brincadeiras de baixo nível, como uma recente matéria que li no facebook sobre adesivos de carros com uma montagem da presidente com pernas abertas sugestivamente posicionadas na entrada da bomba de combustível. Fala sério, é com essas brincadeiras de péssimo gosto e machistas que essas pessoas esperam melhorar alguma coisa no Brasil? Se for assim, até eu prefiro manter distância delas.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Certa vez um de meus professores disse que cada um tem um jeito próprio de escrever.
Conclui que o meu jeito é o jeito mais sem jeito de se escrever.

4 mitos sobre os gordos

1. Todo gordo tem rosto bonito
Sério, dá onde vocês tiram isso ? 


2. Todo gordo cozinha bem 
Ok, isso pode até ter uma certa lógica, mas isso não quer dizer não haja exceções,certo?! A única coisa que todo gordo com certeza cozinha bem é o próprio corpinho quando tá calor

3. Todo gordo tenta incessavelmente emagrecer
Só porque nós [gordos] rejeitamos algo que vocês [magros] nos oferecem para comer não quer dizer necessariamente que estamos de dieta.

4. Todo gordo é infeliz 
Gente, qual o problema em aceitar que um gordo esteja realmente bem com o seu corpo ? 







segunda-feira, 16 de junho de 2014

Copa pra mim, pra você, pra nós

Desculpe me você, black bloc, mascarado, anônimo,manifestante (como preferir)
Sou sim a favor da copa.
Isso não significa que sou a favor da corrupção, da cobertura da imprensa sobre os protestos, nem do desvio de recursos destinados à saúde e educação.Sou só a favor da copa.
A saúde, a educação, o transporte coletivo e tantos outros setores primordiais do Brasil são sim uma (desculpe-me de novo) bosta.E isso é um fato.Mas o que a Copa tem a ver com isso ? De certo alguma coisa melhoria se a copa não fosse aqui.Acordem.
Temos um complexo de "vira-latas" em relação ao mundo, achamos que tudo aqui é ruim,mas ninguém enxerga que qualquer país que fosse sediar a Copa ,com certeza, teria tantos problemas sociais quanto nós.Nem por isso a população de tal país sairia pelas ruas depredando patrimônios públicos e privados, causando mortes de jornalistas e recebendo tão mal os "que vivem em um país melhor que nós", vulgo, gringos.
Muitos dos gastos em estádios vem da FIFA, e não só do governo do Brasil.Além do mais, o evento é uma vitrine para o país, que pode atrair muitos investimentos estrangeiros.
Volto a repetir que muita coisa no Brasil tem que melhorar,mas nem por isso não podemos receber uma festa tão bonita, que tem lá suas controversas, mas bonita.Que faz qualquer torcedor de torcida organizada abraçar um outro que, se o jogo fosse outro, jogaria um vaso sanitário na cabeça do tal.



LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin